Se você vai abrir um novo negócio ou quer expandir sua empresa, é preciso diversos conhecimentos, por exemplo, sobre o mercado no qual o negócio está inserido, previsão de investimentos e as estratégias para atingir os resultados que almeja.

 Para auxiliar com tudo isso, existe a opção de contratar uma consultoria em plano de negócios.

 Afinal, é uma tarefa difícil dispor de conhecimentos, mas não contar com o apoio de um profissional especializado nos levantamentos e nas análises necessárias.

 Para entender melhor como funciona a consultoria e conhecer os benefícios, confira as informações que reunimos a seguir!

Boa leitura!

O que é a consultoria de plano de negócios?

A consultoria de plano de negócios é um serviço que verifica a viabilidade da criação de uma nova empresa ou da expansão de um negócio já existente.

Nesse serviço, um consultor realiza uma análise geral do cenário atual da empresa no intuito de elaborar um planejamento detalhado, incluindo o mercado no qual a empresa se insere, necessidade de investimentos, estratégias de marketing, etc.

Assim, o consultor analisa fatores como:

  • Concorrentes, fornecedores e mercado consumidor;
  • Viabilidade de criação ou expansão do negócio;
  • Ponto fracos, fortes, ameaças e oportunidades;
  • Plano operacional com análise da capacidade de produção, pessoas e processos;
  • Plano financeiro com levantamento de faturamento e custos;
  • Plano de marketing.

A importância de um bom plano de negócios

Um bom plano de negócios baseia as decisões de gestores e empresários em fundamentos sólidos no momento de analisar novas oportunidades de negócios ou de expansão, fusão e aquisição.

Se não dispor de um plano de negócios bem estruturado, a decisão do gestor será provavelmente equivocada, por presumir que é viável expandir determinada empresa com a criação de um novo produto, quando, na verdade, o retorno financeiro não compensaria o investimento necessário, por exemplo.

Assim, o plano de negócios serve como um instrumento de apoio para tomada de decisões, e o negócio é criado ou ampliado considerando todas as informações e cenários.

Isto é, um plano de negócios proporciona previsibilidade e mais segurança ao empreendedor e evita riscos desnecessários, que comprometam a saúde e o crescimento de uma empresa.

Benefícios da consultoria de plano de negócios

Os benefícios desse tipo de consultoria são muitos. Alguns dos principais são:

  • Análise das oportunidades;
  • Facilitação das negociações;
  • Organização financeira;
  • Planejamento das estratégias do negócio;
  • Decisões mais acertadas e com menos riscos;
  • Aumento das chances de sucesso do negócio.
  • Previne investimentos equivocados;
  • Amplo conhecimento sobre os pontos fortes e fracos do negócio.

Para quais empresas se destina essa consultoria?

Além de entender o que é e conhecer os principais benefícios que a consultoria de plano de negócios oferece, é importante saber também que qualquer segmento pode aplicá-la, independentemente da área de atuação da empresa.

 Ainda, o porte não influencia: empresas de pequeno porte, até grandes negócios, todos podem e devem se beneficiar dos resultados de uma consultoria.

Afinal, qualquer empresa precisa de um bom plano de negócios para guiar as estratégias e as decisões.

Como construir um plano de negócios?

Para entender melhor como funciona um plano de negócio, listamos algumas etapas da construção de um plano elaborado da maneira correta e com solidez.

1. Sumário executivo

A primeira etapa do plano de negócio é o sumário, um resumo objetivo, contendo a descrição da empresa, em que constam as seguintes informações:

  • O que é o negócio;
  • Diferenciais;
  • Público-alvo;
  • Missão;
  • Localização;
  • Indicadores financeiros;
  • Enquadramento tributário;
  • Investimento total;
  • Forma jurídica.

Apesar de ser inserido no começo do plano, normalmente o sumário é criado depois que todo o documento já está pronto, pois facilita levantar todas essas informações.

Porém, é importante lembrar que o sumário deve ser conciso, que servirá como um guia inicial acerca do negócio.

2. Análise de mercado

Na análise de mercado, dos clientes e da concorrência, identifica-se o público mais interessado no serviço ou no produto que a empresa oferece.

3. Plano de marketing

Além dos pontos mencionados, no plano do negócio, o plano de marketing é útil para definir a melhor estratégia de alcance do público no tópico anterior.

4. Plano financeiro

Na etapa das finanças, o plano de negócio determina tudo o que associa com os custos: custos fixos e relativos, potencial de receita e previsão de despesas, lucros, fluxo de caixa, capital de giro e outros fatores.

5. Análise de operações, estratégias e cenários

Por fim, analisam-se as operações e as estratégias da empresa, baseando-se em todas as informações colhidas nos tópicos anteriores.

Nesta etapa, são analisados os riscos, os custos e os lucros para identificar cenários alternativos, com resultados melhores.

Além disso, esta é uma fase importante para previsibilidade do empreendedor, daquilo que pode interferir nos resultados.

Portanto, antes de iniciar ou expandir sua empresa, faça uma consultoria para plano de negócios e esteja confiante na jornada, com a verificação da viabilidade do empreendimento e as estratégias a serem adotadas.

Saiba mais sobre o que é uma Consultoria plano de negócios

Navegue pelo site da ABRACEM, fale com um de nossos consultores e contrate uma consultoria empresarial.